Homenagens

Home / Núcleo / Homenagens

Mensagem Homenagem -Pedro FerrazCada vez mais as DEPs, os PTAs e outros indicadores frios dos sumários influenciam a pecuária seletiva, ninguém duvida disso. Mas o “olho” do criador, ou melhor, daqueles que desenvolvem ou já nascem, talvez, com esse talento especial, permanece tão ou mais importante que as avaliações genéticas baseadas em mensurações amplas e exaustivas.  De fato, nem todo pecuarista tem esse dom. Pedro Bittencourt Ferraz tinha.

Comentava com o amigos sobre algum animal de grande visual: “ esse garrote é  muito imponente, mas não tem jeito de bom reprodutor”. Era dito e feito.

Íamos conferir a produção do touro e a decepção era flagrante. “Meu pai dizia” – continuava Pedro – “os grandes touros, de melhor produção, nem sempre são os mais certinhos”.

Pedro tinha esse talento incomum. Amigos criadores chegavam no Ponteio e  questionavam: “Pedro, porque você está usando este touro? Não está à altura do seu gado…” Pedro dava uma justificativa qualquer, despreocupado com a racionalidade ou em convencer o amigo. Três ou quatro anos depois os mesmos amigos voltavam ao Ponteio e, vistoriando a vacada, separavam duas ou três carcaçudas, hiper férteis, boas criadeiras, raçudas. Pedro sorria contidamente e recordava a condenação que os amigos haviam feito do pai das matrizes.

Passava-lhes “o recibo”.

Guzerá era amor antigo de Pedro. Resgatou e nos mostrava com orgulho fotos de vacada comum dos anos 40 na região de conquista, bastante guzeratada, algumas cabeças podendo passar como puras. Aprendeu a admirar o zebu azulego de Gujarat desde a infância. Seu estupendo e metódico trabalho na raça fez história. Não só o trabalho de seleção apurada, quase perfeccionista, mas, sem dúvida, seu constante empenho em articulação social: o prazer em receber e visitar, com Alita, filhas e netas, os amigos criadores. O Guzerá da Bahia e o núcleo Bahia-Sergipe devem muito a Pedro, um dos criadores que mais projetou o guzerá regional no cenário brasileiro. Seu passamento prematuro deixa uma grande lacuna.

Pedro amigo, estarás sempre conosco!

Regulamento Trofeu Pedro Ferraz